santaritavicosa.com

Convidamos a todos os nossos queridos irmãos e irmãs internautas, para irmos até à querida, bela e acolhedora Cidade de Abre Campo. Mais precisamente, ao dia 19 de março de 1958, quando Deus, em sua infinita bondade e misericórdia, presenteou o casal o Sr. Sebastião Quintão Filho e Dona Ambrosina Mendes Quintão com mais um filho querido, que seria batizado, logo, logo com o nome de Paulo Dionê Quintão.

Saltando algumas páginas na história, chegamos ao ano de 1976, quando o jovem Paulo Dionê Quintão ingressa no Seminário de Mariana. O tempo foi se passando, e eis que chegou o dia 29 de junho de 1984, sua ordenação em sua terra natal, na Mariz de Sant’Ana, pela imposição das mãos de Dom Oscar de Oliveira, de saudosa memória. Seu lema sacerdotal: Eu sou o Bom Pastor. O Bom Pastor expõe a sua vida pelas suas ovelhas. Pe. Paulo Dionê vive intensamente seu lema. Vive o que prega e prega o que vive.

O sacerdote é o amor do Coração de Jesus. Quando virdes o padre, pensai em Nosso Senhor Jesus Cristo (São João Maria Vianney ).

Ainda como diácono, fez parte integrante da equipe de formação do Seminário Maior São José. Iniciou sua vida sacerdotal como Administrador Paroquial da Comunidade de Monsenhor Horta. Em seguida, como Pároco em Ponte Nova, MG, Paróquia Santíssima Trindade, dando assistência também à cidade de Amparo do Serra, MG, e Oratórios.

Em 11 de julho de 1986, tomou posse, como Pároco, do Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Barbacena, MG, onde, com solicitude e ardor missionário, exerceu seu Ministério Sacerdotal.

Aos 26 de agosto de 2003, partindo de Barbacena, é acolhido, solenemente, pela Paróquia Santa Rita de Cássia, em Viçosa, MG, onde, também, com muito zelo, piedade, e espírito de acolhida, exerce o seu Ministério Sacerdotal.

Pe. Paulo já exerceu as seguintes funções: Assessor Arquidiocesano da Pastoral da Juventude, Vigário Episcopal da Região Mariana Sul, Vigário Forâneo de Barbacena e Vice Representante dos Presbíteros da Arquidiocese.

Pe. Paulo Dionê é escritor, poeta, teólogo, conferencista, professor, é um orador claro e eloquente, especialista em pregar retiros para seminaristas e religiosas de várias Congregações e palestras para universitários e outros estudantes de diversos níveis. É autor de alguns livros, como: Juntos no Caminho, Mensagem de Vida e Esperança, e Unidos em Oração.

Antes em Barbacena, e agora em Viçosa, apreciadíssimos são seus programas radiofônicos, tendo atuado, inclusive, em diversas redes de Televisão, como na Rede Vida, na Rede Globo, na Rede Minas, evangelizando, com sabedoria, através destes meios de comunicação social. Várias de suas crônicas estão presentes em revistas e jornais de âmbito nacional.

Considerando e reconhecendo sua presença marcante e profícua atuação na sociedade, tornou-se membro da Academia Barbacenense de Letras e membro fundador da AMEF (Academia Mantiqueira de Estudos Filosóficos). É um grande incentivador das vocações religiosas. Tendo já encaminhado inúmeros jovens para os seminários e para as mais variadas profissões.

Celebrar o aniversário de ordenação sacerdotal é celebrar a vida. E, hoje, dia 29 de junho, de 2020, celebramos os 36 anos de ordenação do nosso querido Pe. Paulo Dionê Quintão, DD. pároco desta Paróquia de Santa Rita de Cássia. Hoje, rendemos os nossos louvores a Deus pelo seu sim, pois compreendemos que o sacerdócio é uma linda vocação. É dar ouvidos ao chamado de Deus. É renúncia. É abrir mão da família, do conforto dos amigos, para ofertar-se a Deus. É querer Jesus todo e ser todo de Jesus. Parabéns, Pe. Paulo Dionê.

Em festas, portanto, a nossa Paróquia, se alegra por tê-lo conosco e poder celebrar esse dia com jubilo e gratidão a Deus. Hoje a Cidade de Viçosa, ainda com Santuário e demais Igrejas fechadas, devido a Pandemia, unida a todas as paróquias que a compõem, está a homenagear um iluminado, possuidor de raríssimas qualidades humanas e preciosas intuições da vida, tudo isto, respaldado por uma cultura e uma espiritualidade invejáveis.

Obrigado, Pe. Paulo por dizer esse sim ao chamado de Deus durante esses 36 anos! Que o seu ministério seja cada vez mais fecundo e virtuoso. Você é para todos nós um grande exemplo, não só enquanto sacerdote, mas também como um ser humano, no carisma que lhe é tão peculiar: acolher e tratar bem a todos, como se fossem verdadeiros irmãos e irmãs.

Parabéns, Pe. Paulo Dionê Quintão, pelos 36 anos de vida sacerdotal!

E por tudo isto, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Para sempre seja louvado!